terça-feira, 24 de abril de 2012

Desinformação no Facebook

Mentiras sãos armas de desinformação propagadas em massa e isso tem acontecido o tempo inteiro no Facebook sem que muita gente perceba. Inclusive você, leitor, já deve ter lido e compartilhado alguma mentira pensando ser verdadeira por esta rede social. É a velha mania das pessoas repetirem o que escutam ou leem sem conferir as fontes ou qualquer tipo de referência bibliográfica para averiguar a veracidade da "notícia" ou informação.

Ao ler isso, você deve estar imaginando que me refiro aquelas correntes. Se pensou, está errado. Embora elas façam parte das publicações inúteis compartilhadas no Facebook, não me refiro a correntes de fé, credinces populares. Mas quando se trata pedidos de ajuda para algum "fulano" doente, ou notícias a respeito de leis e políticos onde as pesssoas compartilham sem conferir se realmente é verdade, a coisa começa ficar séria, pois demonstra o quanto a população pode ser manipulada, se tornando massa de manobra de pequenos grupos que criam notícias falsas com intenções obscuras.

Um exemplo real e recente disso está na imagem abaixo mas cuidado ao ler, a  informação escrita é uma mentira pois na realidade a lei está em vigor: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp135.htm:


Li ontem no Facebook, esta publicação, compartilhada por várias pessoas e compartilhei perguntando para amigos advogados se esta notícia era falsa ou era mais uma neura dos usuários da rede social. Assim confirmei que esta, incluindo tantas outras sãos campanhas falsas propagadas em quande quantidade e se for citar aqui todas essas publicações a postagem ficaria gigante.

Veja esta publicação direto do Facebook,  não compartilhe a não ser se queira desmentir isso mostrando o equívoco das pessoas que compratilharam a imagem:



Também sou indignado com a situação de descaso das "autoridades" do nosso país, mas daí, criar mentiras e fazer o povo perder o tempo compartilhando elas é muita maldade ou quem sabe uma estratégia dos próprios políticos para manter as pessoas ocupadas com mentiras. 

Saibam que compartilhar estas coisas na internet mantém as pessoas distantes dos verdadeiros problemas, você não contribui para uma sociedade melhor, contribui para a alienação dos seus círculo de contatos: amigos, conhecidos e parentes.


Cacarterísticas

A maiorias dessas mentiras seguem um padrão similar ao da imagem que citei. São publicações sensacionalistas, usam alguma imagem para chamar a atenção de quem visualizar a publicação, escrevem um texto repudiando alguma falsa lei, ou falsa notícia de corrupção, ou falsa declaração de algum político e pedem para espalhar esta notícia. Em nenhum momento mencionam que existem informações falsas ali contidas.

E por mais incrível que pareça, muita gente compartilha sem conferir se realmente é verdade.


Outro exemplo clássico

Um sujeito escreve a seguinte publicação no Facebook (e olha que isso realmente aconteceu):

"Professor deve trabalhar por amor, não por dinheiro, diz governador do Ceará. Compartilhe se você acha que ele devia governar por amor".

Resultado, milhares de compartilhamentos. Poucos dias depois, vejo a mesma notícia em outra versão:

"Professor deve trabalhar por amor, não por dinheiro, diz governador de Minas gerais. Compartilhe se você acha que ele devia governar por amor".

Poucos dias depois, compartilham de novo, a mesma notícia novamente alterada:

"Professor deve trabalhar por amor, não por dinheiro, diz governador de São Paulo. Compartilhe se você acha que ele devia governar por amor".

Pessoas que inventam ou alteram estas notícias ou são muito maldosas, ou tem transtorno obsessivo-compulsivo por mentiras, uma patologia onde a pessoa mente compulsivamente.

Outras versões dessa notícia, vinham com o nome específico de um governador. Agora, vamos pensar, em qual dessas notícias confiar? Difícil não é mesmo? O jeito é procurar no google até conseguir achar a resposta.


Cuidado

Cuidado, tudo isso me soa como uma grande política para propagar a desinformação através da polêmica. Mentiras polêmicas mantém as pessoas com o foco de atenção distante das notícias verdadeiras. Enquanto isso existem casos sérios de corrupção e leis que devem ser modificadas que não estão sendo levadas para discussão na internet. Outro detalhe importante, ficar com a bunda na cadeira realizando debates na internet não vai mudar nada! O que modifica as coisas é a ATITUDE! 

E você, conhece outros casos de mentiras propagadas no Facebook?

Nenhum comentário: